O processo seletivo é um período muito importante na trajetória do estudante, visto que, muitos desejam conseguir uma boa oportunidade no mercado de trabalho e ela, na maioria das vezes, vem por meio da conclusão de uma graduação. Por isso, saber o que cai no vestibular de Medicina Veterinária pode te ajudar a vencer essa etapa na vida.

A seleção no curso de Medicina Veterinária deixa muita gente preocupada. Afinal de contas, essa costuma ser uma área bem concorrida e com poucas vagas.

Para se ter uma ideia, na Fuvest em 2021, eram 43,8 candidatos por vaga no curso. Ou seja, é necessário alcançar um bom desempenho para garantir a sua vaga. Por isso, é importante se preparar bem para as provas.

A boa notícia é que as disciplinas são aquelas com as quais você já tem costume. Quer entender o que cai no vestibular de Medicina Veterinária? Leia com atenção este conteúdo e faça anotações para montar o seu plano de estudos.

Caso você ainda não saiba, aqui na CDMV atuamos na formação e qualificação de profissionais para atuar nos cuidados com os animais. Além de sermos especializados em cursos de pós-graduação e cursos de atualização em Medicina Veterinária.

Entenda o que cai no vestibular de Medicina Veterinária

Antes de te explicar o que cai no vestibular de Medicina Veterinária, saiba que ele não tem matérias específicas sobre o assunto. Também não dá atenção maior a uma disciplina ou outra.

Na verdade, o vestibular para cursar veterinária cobra os conteúdos tradicionais dos alunos. São eles:

Ou seja, você vai resolver questões de Português, História, Geografia, Língua Estrangeira, Física, Química, Biologia e outras matérias comuns do ensino médio.

Não é um vestibular pensado exclusivamente para Medicina Veterinária. Até porque, as faculdades não esperam que você saiba sobre temas específicos do curso.

Em vez disso, o vestibular avalia se você tem bom conhecimento sobre o que aprendeu na escola. Assim, vai poder iniciar seu curso superior com informações básicas para compreender as disciplinas avançadas.

Como passar no vestibular de Medicina Veterinária?

As matérias básicas do vestibular de Medicina Veterinária são cobradas tanto nas provas de uma faculdade específica, quanto no Enem. Afinal, o exame do MEC já virou porta de entrada para boa parte das universidades.

Assim, você pode usar a nota da prova para se inscrever na universidade. Mas também pode escolher fazer vestibulares específicos de faculdades públicas ou particulares, se quiser.

Neste caso, serão várias provas, uma para cada faculdade que você quiser tentar, então, fique atento ao edital de cada uma para entender melhor o que cai no vestibular de Medicina Veterinária daquela determinada instituição.

Enquanto que, no Enem, uma mesma avaliação vai permitir a você tentar várias vagas. O importante é escolher o que mais faz sentido para o seu caso.

De qualquer forma, vale destacar que a coisa pode mudar de figura em universidades federais. Normalmente, a primeira etapa nessas universidades é a nota do Enem.

Porém, pode haver uma segunda etapa de seleção. Se for esse o caso da vaga em que você está concorrendo, a prova pode cobrar temas específicos.

Mas fique tranquilo: não são conhecimentos que só um veterinário tem. Na verdade, a faculdade deve focar a prova na área de Ciências Biológicas, já que você terá mais contato com a área durante o curso de graduação.

Para saber exatamente o que estudar para a prova, você deverá ter atenção ao edital do processo seletivo para identificar o que cai no vestibular de Medicina Veterinária daquela determinada universidade.

Dicas para o vestibular de Medicina Veterinária

Agora que você já sabe o que cai no vestibular de Medicina Veterinária, vale a pena descobrir algumas dicas de como garantir sua vaga.

Logo abaixo, listamos algumas dicas do que você pode fazer para passar no vestibular de veterinária.

Atenção aos temas das disciplinas

As disciplinas do vestibular são padrão, mas nem tudo que você aprendeu na escola será cobrado.

Na verdade, as provas costumam focar em um ou outro assunto mais relevante. Você precisa saber quais são eles para poder estudar.

Para isso, leia com cuidado o edital do Enem e das provas específicas que você vai fazer nas universidades escolhidas.

Outra dica é conferir como foram as provas anteriores deste vestibular. Assim, você vai poder perceber quais os assuntos mais comuns e dar atenção especial ao que é cobrado para ingressar no curso de Medicina Veterinária.

Confira a nota de corte

A nota de corte é a pontuação mínima que você precisa alcançar no vestibular para conseguir uma vaga na faculdade.

Se for usar a nota do Enem ao participar de uma seleção do Sisu ou do ProUni, confira se você tem a pontuação mínima para aquela faculdade. Se não tiver, será melhor tentar outro curso ou buscar outra universidade.

Organize um cronograma de estudos

É sempre bom se preparar o máximo possível para as provas do vestibular. Se você puder, faça um curso preparatório, ele pode ajudar a entender o que cai no processo seletivo de Medicina Veterinária.

Em todo o caso, também é fundamental criar um plano de estudos para você se dedicar. Sua preparação deve acontecer em casa, no seu tempo livre.

Claro, não exagere. Passar horas demais estudando pode causar estafa mental e dificultar seu aprendizado.

Porém, você vai precisar se dedicar mais que o normal. Muito além do que se empenhou durante a escola, já que é uma competição e só entrará aqueles que conseguirem as melhores notas..

Para isso, organize seu plano de estudos. Um cronograma bem completo vai evitar que você deixe qualquer coisa para trás.

Planeje quando você vai estudar, o que e quais disciplinas irão precisar mais da sua atenção. Os temas que achar mais difíceis merecem um pouco mais de tempo dedicado. 

Gostou de saber o que cai no vestibular de Medicina Veterinária? Que tal conhecer as opções de cursos livres disponíveis na CDMV, e já aprender a lidar com os animais, além de vivenciar a rotina clínica.

A CDMV também está nas redes sociais. Siga nosso perfil no Instagram e acompanhe as novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *