As doenças transmitidas dos animais aos humanos são temas de estudos constantes pela ciência e absorvem boa parte dos profissionais formados em medicina veterinária. Elas são provocadas por parasitas, bactérias, fungos ou vírus e usam os gatos, cachorros, carrapatos ou aves como agentes portadores.

Por causa do grave efeito na saúde pública, diversos governos promovem ações de conscientização e combate para neutralizar ou controlar a incidência destas doenças. Diante disso, é importante conhecer as principais zoonoses do Brasil, já que você pode se especializar no combate de uma delas!

Especialmente dentro da área de zoonoses, existem diversos desafios e alguns deles vão muito além do diagnóstico. É possível atuar no tratamento, na produção de medicamentos e vacinas que serão usadas por animais e humanos.

Os patógenos das zoonoses podem ser bactérias e parasitas, por exemplo, e podem contaminar os humanos por meio da água, alimentos e meio ambiente. Casos como a gripe aviária ou a doença da vaca louca podem também afetar a produção e comercialização de produtos de origem animal.

Ao concluir a sua graduação em veterinária, você pode decidir por estudar melhor as zoonoses e os efeitos que elas provocam nos pacientes. Aqui no CDMV, sempre apresentamos cursos que podem te ajudar a ampliar os seus conhecimentos. Confira nossa lista de cursos de atualização e pós-graduação com matrículas abertas. Faça já sua inscrição!

Afinal, o que é uma zoonose?

De maneira resumida, a zoonose é uma doença que impacta humanos e animais e é transmitida entre eles. A contaminação pode acontecer por secreções (saliva, sangue, urina), pelo contato direto, como são os casos das picadas, mordidas ou arranhões ou ainda pela alimentação.

Na forma direta de transmissão, a contaminação ocorre pelo contato com secreções (fezes, saliva, sangue, urina) ou arranhões e mordidas.

Já a transmissão indireta ocorre pela ingestão de alimentos contaminados ou pela picada de mosquitos (os quais são chamados de “vetores” das zoonoses).

Este tipo de doença afeta animais e seres humanos de maneiras distintas e tem formas diferentes de tratamento e prevenção.

Quais são as principais zoonoses do Brasil?

O Brasil é um país de dimensões continentais e tem uma das faunas mais ricas de todo o mundo. Estes dois pontos reforçam que temos ocorrências diversas e em grande escala quando falamos de doenças que são transmitidas dos animais aos seres humanos ou o inverso.

Dentre as principais zoonoses do Brasil, algumas costumam aparecer em todas as cidades, enquanto que outras são endêmicas. As mais comuns são relacionadas aos animais domésticos, como cães e gatos.

Já as endêmicas estão mais ligadas aos animais (ou “vetores”) específicos de algum lugar, como é o caso de mosquitos.

Raiva

A raiva é uma das doenças mais mencionadas entre as principais zoonoses do Brasil. Isso acontece pela sua prevalência em cães e gatos e, é muito perigosa, levando quase sempre à morte.

É importante ressaltar que a raiva não tem cura e sua transmissão acontece por meio do contato com secreções do animal infectado, como o sangue ou a saliva. Por conta disso, mordidas costumam ser a maneira mais comum de contraí-la.

Quando acometido pela doença, o animal apresentará mudança drástica de comportamento, sendo a mais notável delas a agressividade. A melhor maneira de combater a raiva é a vacinação anual.

Larva migrans

A larva migrans é mais conhecida pelo nome popular de “bicho geográfico. Ela tem origem parasitária e é comumente encontrada em fezes de animais. Suas consequências mais graves em seres humanos são infecções e sua transmissão acontece por meio do contato direto com áreas infectadas.

Além disso, por estarem nas fezes, o mais comum é que seja transmitida para seres humanos quando se pisa descalço ou até mesmo ao se sentar no chão onde se encontra o parasita.

Quando contaminados, os seres humanos podem tratar essa zoonose com vermífugos e remédios que aliviam os sintomas.

Leptospirose

Sendo uma das principais zoonoses do Brasil, a leptospirose está diretamente relacionada a questões de saneamento básico. Isso porque a maneira mais comum de transmissão é em enchentes.

Ela é causada por uma bactéria presente na urina de ratos e outros animais. Essa zoonose pode contaminar diretamente seres humanos ou ser transmitida às pessoas por meio de outros animais infectados, como os cães.

Ao ser contaminado, é comum que a pessoa sinta febre, dor de cabeça, dores corporais, vômito e diarreia. Em casos mais graves, pode ser necessária também a internação.

Apesar de ser tratável com auxílio médico, a leptospirose pode levar à morte.

Toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença provocada pelo parasita Toxoplasma gondii, encontrado em fezes de gatos domésticos ou em alimentos, e pode infectar humanos e outros animais. A transmissão ocorre na ingestão de produtos contaminados, inclusive água ou terra.

Dentre as principais zoonoses do Brasil, a prevenção da toxoplasmose está muito relacionada à informação. O bom cozimento de carne, higienização de frutas e legumes estão entre as medidas de proteção.

Apesar de geralmente não apresentar sintomas, a toxoplasmose pode ser grave em grávidas (as quais irão transmitir para o bebê) e pessoas imunodeficientes.

Além destas doenças que destacamos acima, outras zoonoses comuns no Brasil são:

Além disso, existem as zoonoses transmitidas por mosquitos, como a dengue, a zika, a febre amarela e a chikungunya.

Uma das especializações possíveis para quem deseja atuar em zoonose é a de análises clínicas. Este profissional atua na coleta e na análise de exames laboratoriais, identificando a existência ou não de uma zoonose em determinado animal para que o médico veterinário recomende o tratamento ideal.

Aqui no CDMV, temos cursos que podem ser feitos por quem já é graduado ou mesmo aqueles que buscam uma qualificação inicial, antes mesmo de ter um diploma universitário. Você pode, inclusive, seguir nosso perfil no Instagram para ser informado sobre novas turmas e treinamentos que lançamos durante o ano.

Você acabou de ver aqui quais são as principais zoonoses do Brasil. Gostou do nosso conteúdo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *